Direção Geral








DIREÇÃO GERAL EFRAM:
(mandato 2017-2019)  

Diretor Geral: Frei Salvio Romero

Vice-diretora Geral: Erenice Moura

Conselheiros:
Socorro Menezes,
Plínio Roberto,
Karla Freire.


        







Mensagem proferida aos meditantes na Igreja de Nossa Senhora da Boa Hora, em Olinda, por ocasião do aniversário de cinco anos do nascimento da Escola.


Minhas irmãs e meus irmãos meditantes, estou aqui para celebrar com vocês o quinto aniversário do nascimento de nossa Escola. Reunidos num só coração e numa só alma, elevemos um canto de louvor e de ação de graças por tudo aquilo que Deus tem realizado entre nós. Certamente, muitos outros meditantes estão em sintonia conosco neste dia tão especial. Também eles elevam o mesmo canto de louvor, e trazem no coração a mesma alegria.


 Foi neste lugar querido, Igreja de Nossa Senhora da Boa Hora, que o Senhor Deus nos permitiu nascer como Escola, para a maior glória do Santíssimo Nome do seu Filho Jesus. Aqui nos foi dado um bom nascimento, uma "boa hora". Aqui é o nosso berço! Providencialmente, já nascemos no colo aconchegante da Virgem Mãe de Deus. Com ela aprendemos, desde o primeiro momento, a conservar sempre no coração o Nome do seu Filho bendito. Certamente é um bom sinal nascer na casa daquela que é invocada com o título de “Senhora da Boa Hora”.
        


          
        
        
         Assim como o Pai Seráfico teve a graça de iniciar sua Ordem na Igreja de Santa Maria dos Anjos, a Porciúncula, também nós recebemos semelhante graça. Aqui, nesta pequenina igreja, também dedicada à Mãe de Deus, iniciamos nossa Escola. Aqui é a nossa Porciúncula!





O Altíssimo nos tem enviado muitos irmãos e irmãs. Já somos mais de cento e cinquenta meditantes, distribuídos em dez grupos distintos, estabelecidos em Olinda, Caruaru, Recife e Bezerros. Formamos, de fato, uma família espiritual, unida por fortes vínculos de amor fraternal. Portanto, sejamos generosos e cheios de ternura para com todo irmão e toda irmã que vem a nós. Acolhamos afetuosamente a todos, vendo em cada pessoa a figura do próprio Jesus.


Hoje, temos a alegria de sermos acolhidos pela “escola primaz”, primeira semente lançada no solo fértil dos nossos corações. Mesmo permanecendo pequena em número de membros, e enfrentando muitos desafios em sua trajetória, ela continua a ser para todos nós testemunha fiel da primeira hora.

 Pequenino rebanho do Senhor, a vossa missão é singular. Vocês deverão ser espelho e modelo para as demais escolas locais. Toda a EFRAM encontra aqui o seu “ponto de partida”. Por isso peço a todos os meditantes que tenham zelo e amor por este santo lugar. Desejo que, nesta casa da Virgem da Boa Hora, a nossa Escola esteja sempre presente e que nunca venha a ser extinta, a não ser por vontade do Senhor.
Conservemos sempre a consciência de que formamos uma ESCOLA: um discipulado do Senhor Jesus, vivo e glorioso em nosso meio. O Espírito Santo é o nosso pedagogo. Sem ele não há discipulado! É o Espírito quem clama dentro de cada um de nós aquele Nome que está acima de todo nome. Escutemos, portanto, essa voz interior para que possamos seguir com fidelidade o Mestre Jesus.  
Nesse caminho espiritual contamos com a presença materna da Bem-aventurada Virgem Maria, a Estrela da Manhã, aquela que com maior amor pronunciou o Nome bendito do Verbo Eterno de Deus. Contamos também com a intercessão do nosso seráfico pai, São Francisco de Assis. Assim, tão bem acompanhados, podemos com segurança avançar cada vez mais no Caminho que é o Cristo Senhor.

Nada nos faça separar da nossa Regra de Vida, abraçada livremente por todos nós nesta Escola Franciscana. Que nossos dias sejam iluminados pela prática fiel da meditação, pela Lectio Divina, pelos nossos projetos de crescimento e pela nossa diaconia. Conservemos no coração a lembrança contínua do Santo Nome de Jesus.

O encontro semanal deve ser estimado e desejado por todos. A pedagogia de nossa Escola compreende uma prática diária e uma prática semanal. No encontro semanal, o meditante se fortalece cada vez mais. Sozinho e isolado é muito mais difícil caminhar. Nas horas mais desafiadoras, nos momentos de desencanto, o meditante pode contar com seu diretor(a) e demais irmãos de jornada.


Tenhamos todo apreço para com nossos diretores. Eles se dedicam com generosidade à condução de nossas escolas locais. Conservemos para com eles uma atitude de gratidão e respeito, e queiramos com eles crescer sempre mais na fé, na esperança e na caridade.



Ainda hoje faremos um gesto simbólico muito significativo para nossa Escola. Como não é possível nos reunirmos todos num mesmo lugar, estaremos unidos espiritualmente num mesmo momento. Às dezessete horas faremos uma grande corrente de oração, agradecendo e louvando a Deus pelos cinco anos de nossa escola.
Por fim, lanço um desafio para toda a Escola: atingir, se for da vontade de Deus, o número de cinquenta escolas nos próximos cinco anos. E, como primeiro passo, devemos alcançar, nesse ano de 2011, o número de vinte escolas locais.
Ó eterno e amoroso Pai, a ti nosso louvor e nossa gratidão. Dai-nos a graça de perseverarmos nessa vocação de meditantes para que, guiados pelo Divino Espírito, possamos um dia, reunidos no céu, em comunhão com a Bem aventurada Virgem Maria, com nosso Seráfico Pai São Francisco e todos os anjos e santos, glorificar para sempre o Nome do teu Filho Jesus. Amém.
                  
Olinda, 07 de fevereiro de 2011.
Frei Salvio Romero, eremita capuchinho.